Arquivos da categoria: 2010

COMÉDIA RUSSA

Com texto inédito de Pedro Bricio e direção de João Fonseca, a peça Comédia Russa reestreia no Teatro Gláucio Gil A peça “Comédia Russa” reestreia no sábado (dia 4/12) no Teatro Gláucio Gil. Com texto inédito do dramaturgo Pedro Bricio,

COMÉDIA RUSSA

Com texto inédito de Pedro Bricio e direção de João Fonseca, a peça Comédia Russa reestreia no Teatro Gláucio Gil A peça “Comédia Russa” reestreia no sábado (dia 4/12) no Teatro Gláucio Gil. Com texto inédito do dramaturgo Pedro Bricio,

TERRA DO NUNCA

Terra do Nunca, do diretor Ivan Sugahara, estreia nova temporada no dia 8 de dezembro no Gláucio Gil No final de 2009, o diretor Ivan Sugahara deu início ao processo de construção do seu mais novo trabalho: Terra do Nunca.

TERRA DO NUNCA

Terra do Nunca, do diretor Ivan Sugahara, estreia nova temporada no dia 8 de dezembro no Gláucio Gil No final de 2009, o diretor Ivan Sugahara deu início ao processo de construção do seu mais novo trabalho: Terra do Nunca.

ZONA CONTAMINADA

Concebida ao longo dos anos 80, Zona Contaminada carrega em seu corpo as chagas do seu tempo: a inflação galopante, a epidemia da AIDS, a ameaça de destruição nuclear e o gosto amargo na boca daqueles que perceberam que o

ZONA CONTAMINADA

Concebida ao longo dos anos 80, Zona Contaminada carrega em seu corpo as chagas do seu tempo: a inflação galopante, a epidemia da AIDS, a ameaça de destruição nuclear e o gosto amargo na boca daqueles que perceberam que o

PASSARINHO À TOA

OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIA LEVAM PARA O PALCO O UNIVERSO POÉTICO DE MANOEL DE BARROS EM SEU NOVO ESPETÁCULO INFANTO-JUVENIL ‘Passarinho à toa’ em temporada no Teatro Gláucio Gill em Copacabana “A poesia é a infância da linguagem”. A

PASSARINHO À TOA

OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIA LEVAM PARA O PALCO O UNIVERSO POÉTICO DE MANOEL DE BARROS EM SEU NOVO ESPETÁCULO INFANTO-JUVENIL ‘Passarinho à toa’ em temporada no Teatro Gláucio Gill em Copacabana “A poesia é a infância da linguagem”. A

TEMPOGRAFIA

TEMPOGRAFIA tem como ponto de partida um texto inédito para abordar questões relativas à passagem do tempo que, anexado às memórias, inventadas ou não, revelam diferentes versões da realidade e, ainda, discute o limite entre o real e a ficção.

TEMPOGRAFIA

TEMPOGRAFIA tem como ponto de partida um texto inédito para abordar questões relativas à passagem do tempo que, anexado às memórias, inventadas ou não, revelam diferentes versões da realidade e, ainda, discute o limite entre o real e a ficção.

A INEVITÁVEL HISTÓRIA DE LETÍCIA DINIZ

Em dezembro de 2006 publiquei, pela editora NOVA FRONTEIRA, o romance A INEVITÁVEL HISTÓRIA DE LETÍCIA DINIZ. Em 252 páginas, e através de mais de 40 personagens, contei a trajetória fictícia de uma travesti incrivelmente linda e feminina, desde sua

A INEVITÁVEL HISTÓRIA DE LETÍCIA DINIZ

Em dezembro de 2006 publiquei, pela editora NOVA FRONTEIRA, o romance A INEVITÁVEL HISTÓRIA DE LETÍCIA DINIZ. Em 252 páginas, e através de mais de 40 personagens, contei a trajetória fictícia de uma travesti incrivelmente linda e feminina, desde sua

PROHIBIDÃO

O que é proibido para você? Dupla de atores encena nova comédia com direção de Bemvindo Sequeira Gosta de furar fila? Avançar o sinal vermelho é um hábito? Joga altinha na beira do mar antes das 17h? Curte usar uma

PROHIBIDÃO

O que é proibido para você? Dupla de atores encena nova comédia com direção de Bemvindo Sequeira Gosta de furar fila? Avançar o sinal vermelho é um hábito? Joga altinha na beira do mar antes das 17h? Curte usar uma

A MULHER QUE ESCREVEU A BÍBLIA

Monólogo premiado, baseado em livro homônimo de Moacyr Scliar, em tournée Concebido e dirigido por Guilherme Piva, o monólogo conta com a interpretação da atriz Inez Viana. A peça tem como base romance de Moacyr Scliar, A mulher que escreveu

A MULHER QUE ESCREVEU A BÍBLIA

Monólogo premiado, baseado em livro homônimo de Moacyr Scliar, em tournée Concebido e dirigido por Guilherme Piva, o monólogo conta com a interpretação da atriz Inez Viana. A peça tem como base romance de Moacyr Scliar, A mulher que escreveu

NO DIA EM QUE O MATARIAM…

Da escola para o mercado. Depois de cumprir temporada na CAL, o espetáculo No dia em que o matariam…, livremente inspirado na obra Crônica de uma morte anunciada, do escritor colombiano Gabriel García Marquez, ganha espaço no palco do Teatro

NO DIA EM QUE O MATARIAM…

Da escola para o mercado. Depois de cumprir temporada na CAL, o espetáculo No dia em que o matariam…, livremente inspirado na obra Crônica de uma morte anunciada, do escritor colombiano Gabriel García Marquez, ganha espaço no palco do Teatro