COMÉDIA RUSSA

Com texto inédito de Pedro Bricio e direção de João Fonseca, a peça Comédia Russa reestreia no Teatro Gláucio Gil

A peça “Comédia Russa” reestreia no sábado (dia 4/12) no Teatro Gláucio Gil. Com texto inédito do dramaturgo Pedro Bricio, escrito especialmente para a companhia carioca F… Privilegiados, e com direção de João Fonseca, a temporada acontece de 4 a 19 de dezembro (de sexta a domingo – exceto estreia), às 21h.

Com humor negro e suspense, o espetáculo aborda a burocracia de uma repartição pública numa Rússia que pode ser facilmente comparada ao Brasil de hoje. Os atores Natália Lage e Rodrigo Nogueira participam como convidados da montagem. O elenco também conta com Alexandre Pinheiro, Cristina Mayrink, Daniela Olivert, Filomena Mancuzo, Marcos Correa, Ricardo Souzedo, Roberto Lobo, Rose Abdallah e Thelmo Fernandes, todos atores da companhia. “A dramaturgia brasileira está num momento muito especial. Temos excelentes textos inéditos de jovens autores, como o Pedro”, diz o diretor João Fonseca.

A trama narra a história do jovem Aleksei que, cheio de energia e ideias, percebe no seu primeiro dia de trabalho que seus sonhos e ideais serão soterrados pelo ambiente de lentidão da repartição. A princípio, tudo indica que ele passará o resto da sua vida nesse marasmo profissional, mas o assassinato inesperado da funcionária Ossipa acontece para movimentar o ambiente de trabalho. Nesse clima de suspense e comédia, o pânico se instaura e cada funcionário começa a mostrar o que tem de mais secreto e terrível.

SOBRE O AUTOR – Pedro Bricio é formado em Cinema pela Universidade Federal Fluminense e é mestre em Teatro pela Uni-Rio. Estudou na Desmond Jones Scholl of Mime (Londres), na Scuola Internazionalle dell’atore Cômico (Italia), e na École Philippe Gaulier (Londres). Trabalhou como autor/diretor nos espetáculos “Cine-Teatro Limite”. Indicado ao prêmio Shell de melhor autor, ator, figurino e iluminação, apresentado no Teatro Glória e no Sesc Santana-SP (2008), “FitzJam”- Apresentado no Sesc Copacabana e na Cia dos Atores (2008), “A Incrível Confeitaria do Sr. Pellica’, apresentado no Espaço Cultural Sérgio Porto (RJ), Teatro Glória, Sesc Santana (SP) e Caravana Cultural Petrobras. Prêmio Shell melhor autor e melhor figurino 2005, indicado ainda nas categorias melhor diretor, iluminação e trilha sonora, “O Homem que era Sábado”, apresentado na mostra Nova Dramaturgia Carioca, no Teatro Cândido Mendes e na mostra Fringe do festival de Curitiba 2004.

SOBRE O DIRETOR – João Fonseca é ator e diretor. Já trabalhou com diversos diretores, entre eles: Felipe Hirsch, Gabriel Villela, Jorge Takla, Marcus Alvisi, Paulo Autran, Paulo de Moraes e Antônio Abujamra. Com este último, iniciou sua carreira de diretor co-dirigindo diversos trabalhos para a companhia Os F… Privilegiados, tais como: O Casamento, de Nelson Rodrigues, pelo qual ganhou o Prêmio Shell de Melhor Diretor 1997. No ano de 2007, foi indicado ao Prêmio Shell de Direção com os espetáculos Escravas do Amor, Minha mãe é uma peça (ainda em cartaz e que conquistou uma indicação ao Prêmio Shell de Melhor Ator), A Ratoeira, Pão com mortadela (indicado ao Prêmio Shell de direção), Gota D’água, Um certo Van Gogh, A Falecida (quando foi indicado pela sétima vez ao Prêmio Shell), O Santo e a Porca, Opereta Carioca e Advocacia segundo os Irmãos Marx.

FICHA TÉCNICA:

Autor: Pedro Bricio
Direção: João Fonseca
Cenário: Nello Marrese
Figurino: Rui Cortez
Iluminação: Daniela Sanchez
Música Original: André Abujamra
Direção de movimentos: Johayne Hildelfonso
Programação Visual: Luiz Adrien
Produção: Renata Blasi e Ana Paula Abreu
Realização: Os Privilegiados Produções Artísticas

ELENCO

Cia. Fodidos Privilegiados
Atores Convidados: Natália Lage (Catarina) e Rodrigo Nogueira (Aleksei)
Os Privilegiados: Alexandre Pinheiro (Constantin), Cristina Mayrink (Igorina), Daniela Olivert (Ossipa), Filomena Mancuzo (Miúcha), Marcos Correa (Ivã), Ricardo Souzedo (Goncharov), Roberto Lobo (Zózimo), Rose Abdallah (Maria Gruchenka) e Thelmo Fernandes (Vladimir).

Serviço:
Local: Teatro Gláucio Gil
Endereço: Praça Cardeal Arvoverde, s/n, Copacabana, Rio de Janeiro. Tel. (21) 2547-7003
Temporada: 4 a 19 de dezembro (sexta a domingo), às 21h.
Classificação indicativa: 14 anos
Capacidade: 104 lugares
Valor do ingresso: R$30,00 (inteira) / R$15,00 (meia)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: