PASSARINHO À TOA

OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIA LEVAM PARA O PALCO O UNIVERSO POÉTICO DE MANOEL DE BARROS EM SEU NOVO ESPETÁCULO INFANTO-JUVENIL

‘Passarinho à toa’ em temporada no Teatro Gláucio Gill em Copacabana

“A poesia é a infância da linguagem”. A genial frase do poeta mato-grossense Manoel de Barros revela a inspiração maior de seu estilo inconfundível: a forte identificação com o imaginário da criança. Nada mais apropriado, portanto, do que levar sua obra, dramatizada, ao público infanto-juvenil. Com direção de Warley Goulart, ‘Passarinho à toa’, novo espetáculo do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, estréia no dia 27 de novembro, para uma temporada no Teatro Gláucio Gill em Copacabana.

A peça abre mão da narrativa clássica, com começo, meio e fim, e envereda pela poética de Manoel de Barros a partir de um quintal reinventado, onde o menino Bernardo e seus quatro amigos – vividos por Cadu Cinelli, Edison Mego, Luciana Zule, Rosana Reátegui e Ilana Pogrebinschi – desfiam histórias imaginadas a partir de um mundo real impregnado pela natureza: o avô que voa pelo céu com seu gramofone; a menina avoada e seu irmão que usam caixotes de feira para imaginar viagens pelo quintal; a estranheza de Bernardo ante a estátua de um herói na cidade grande; ou a Dona lógica-da-razão que implica com a poesia criada por Bernardo. “A ideia é resgatar o olhar contemplativo e lúdico, que ressignifica as coisas e as palavras, a partir de uma trama poética vivida por personagens do interior do Brasil”, explica Warley.

Para dar vida às belas imagens criadas pelo poeta, o grupo fez uso do tecido tanto na cenografia quanto na criação dos objetos inusitados que compõem a cena; além de recorrer à narrativa, à dança e à música, tocada ao vivo pelos músicos do Grupo Água Viva – Luciano Câmara (viola caipira, violão e guitarra) e Ilana Pogrebinschi (flauta transversa), que assinam a trilha sonora e a direção musical do espetáculo.  “Procuramos desenhar um universo de intimidade e brincadeira com a natureza, retratando as pequenas descobertas da vida, o deslumbramento com as coisas e também o reconhecimento de si próprio no mundo”, define o diretor.

Criado há doze anos, o grupo Os tapetes contadores de histórias se dedica primordialmente ao teatro e à narrativa de histórias voltadas ao universo infantil, com algumas igualmente bem-sucedidas incursões pela dramaturgia adulta. Atualmente o grupo é curador e gerenciador, em parceria com a Coordenadoria de Leitura e Livro da Secretaria Municipal de Cultura, de programações culturais em bibliotecas populares e escolas da Rede Municipal de Ensino.

Em 2006, o grupo recebeu o Prêmio Cultura Nota 10, do Governo do Estado do Rio, como uma das 21 ações culturais mais importantes do ano. Em 2009, o grupo se tornou representante brasileiro de ‘la Red Latinoamericana de Cuentería’, uma rede de narradores das Américas para trocas de experiências, produção de festivais internacionais, parcerias e projetos integrados.

Entre seus espetáculos estão ‘O mundo de fora pertence ao mundo de dentro’, ‘Divinas y Humanas’, ‘Bicho do mato’, ‘O rei que ficou cego, ‘A moça tecelã’, entre outros. Já se apresentaram e ministraram oficinas em centros culturais, teatros, encontros e festivais no Brasil, Espanha, Portugal, México, Nicarágua, Argentina, Peru e Chile. No Brasil, se apresentaram no CCBB, Instituto Itaú Cultural, SESCs, Biblioteca Nacional, Fundação Casa de Rui Barbosa, Fiocruz, Casa de Cultura Laura Alvim, Usina do Gasômetro RS, Teatro Guairá PR, Teatro Jorge Amado BA, Instituto Ricardo Brennand PE, CPFL Campinas.

Passarinho à toa já foi apresentado no CCBB Rio, CCBB Brasília, CAIXA Cultural Rio e Salvador, no FESTIVAL DE INVERNO DO SESC RIO, FLIST e agora no Teatro Gláucio Gil.

FICHA TÉCNICA:

Espetáculo infanto-juvenil com fragmentos da poesia de Manoel de Barros
Direção Warley Goulart
Roteiro – Os Tapetes Contadores de Histórias
Atores Cadu Cinelli, Edison Mego, Luciana Zule, Rosana Reátegui e Ilana Pogrebinschi
MúsicosLuciano Câmara (viola caipira, violão e guitarra) e Ilana Pogrebinschi (flauta transversa)
Trilha sonora e direção musicalGrupo Água Viva
IluminaçãoAnderson Ratto
Cenários, Figurinos e Adereços Os Tapetes Contadores de Histórias
Realização Os Tapetes Contadores de Histórias & Caleidoscópio Associação Cultural

Temporada:
27/11 a 19/12
Sábados e Domingos às 17h
Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia)
Classificação: Recomendado para crianças a partir de 6 anos.
Duração: 50 minutos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: